Páginas

6 de out de 2007

Trecho do Testamento de São Francisco:

“E eu (Francisco) trabalhava com minhas mãos e quero trabalhar. E quero firmemente que todos os outros irmãos se ocupem num trabalho honesto. E os que não souberem trabalhar o aprendam, não por interesse de receber o salário do trabalho, mas por causa do bom exemplo e para afastar a ociosidade. E se acaso não nos pagarem pelo trabalho, vamos recorrer à mesa do Senhor e pedir esmola de porta em porta.

Como saudação, revelou-me o Senhor que disséssemos: ‘ O Senhor te dê a paz’”.

Nenhum comentário: