Páginas

28 de ago de 2007

Porque as pessoas gritam

Um dia um sábio perguntou aos seus discípulos o seguinte:
-Porque as pessoas gritam quando estão aborrecidas?
Os homens pensaram por alguns momentos:
- Porque perdemos a calma - disse um deles - por isso gritamos.
- Mas, porque gritar quando a outra pessoa está ao teu lado? - perguntou o sábio - Não é possível falar-lhe em voz baixa?Porque gritas a uma pessoa quando estas aborrecido?
Os homens deram algumas respostas mas nenhuma delas satisfazia o sábio.
Finalmente ele explicou: Quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. Para cobrir esta distância precisam gritar para poder escutar-se. Quanto mais aborrecidas estejam, mais forte terão que gritar para escutar-se um ao outro através desta grande distância.
Em seguida o sábio perguntou: - O que sucede quando duas pessoas se enamoram? Elas não se gritam mas sim se falam suavemente, porquê? Seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena.
E continuou...
- Quando se enamoram acontece mais alguma coisa? Não falam, somente sussurram e ficam mais perto ainda de seu amor. Finalmente não necessitam sequer sussurrar, somente se olham e isto é tudo. Assim é quando duas pessoas que se amam estão próximas.
Então o sábio concluiu: - QUANDO DISCUTIREM, NÃO DEIXEM QUE SEUS CORAÇÕES SE AFASTEM E NÃO DIGAM PALAVRAS QUE OS DISTANCIEM MAIS. CHEGARÁ UM DIA EM QUE A DISTÂNCIA SERÁ TANTA QUE NÃO MAIS ENCONTRARÃO O CAMINHO DE VOLTA...

O verdadeiro bobo

Conta- se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas se
divertia com o idiota da aldeia. Um pobre coitado de pouca inteligência, que vivia de
pequenos biscates e esmolas. Diariamente eles chamavam o bobo ao bar onde
se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas - uma grande de 400
réis e outra menor, de 2000 réis. Ele sempre escolhia a maior e menos
valiosa, o que era motivo de risos para todos.
Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não
havia percebido que a moeda maior valia menos. "Eu sei" - respondeu o não
tão tolo assim - "ela vale 5 vezes menos, mas no dia que eu escolher a
outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda.
Pode- se tirar várias conclusões dessa pequena narrativa.!
A primeira: quem parece idiota, nem sempre é. Dito em forma de pergunta:
Quais eram os verdadeiros tolos da história ?
Outra : se você for ganancioso, acaba
estragando sua fonte de renda. Mas a conclusão mais interessante, a meu
ver, é a percepção de que podemos estar bem mesmo quando os outros não têm uma
boa opinião ao nosso respeito. Portanto, o que importa não é o que pensam
de nós, mas o que realmente somos."

(Autor desconhecido)