Páginas

26 de jul de 2007

Na escola de Jesus Cristo



“Senhor,quando eu tiver fome,

dá-me alguém para alimentar.

Quando eu tiver sede,

dá-me alguém para saciar.

Quando eu tiver frio,

dá-me alguém para vestir.

Quando eu estiver triste,

dá-me alguém para consolar.

Quando eu estiver caído no chão,

dá-me alguém para levantar.

Quando meu fardo pesar,

coloca sobre mim o dos outros.

Quando eu sentir falta de ternura,
que peçam a minha.

P. Brossard
Maria e Jesus


Maria, mãe de Jesus,

Queremos ver teu primogênito!

Queremos ver para imitar

Queremos ver para amar

Queremos para seguir.

Maria, mãe de Jesus,

Queremos ver teu primogênito!

Queremos ver porque também somos teus filhos.

Queremos ver porque temos os mesmos traços.

Queremos ver porque também somos herdeiros.

Maria, mãe de Jesus,

Queremos ver teu primogênito!

E ficar ao seu lado na barca e na montanha.

E caminhar com Ele pelas estradas de muitos povos.

E ir com Ele para o Cenáculo e para o Calvário.

E estar com Ele sempre junto de Deus.

E Pedro perguntou a Jesus

E Pedro perguntou a Jesus:

“A quem iremos, Senhor, se só Tu tens palavras de vida eterna?”

E nós perguntamos a Jesus:

“A quem iremos, Senhor, se todos se creditam donos da verdade, mas só falam mentiras. Se os meios de comunicação alardeiam a violência, a guerra, a corrupção, em nome da paz e da justiça? Se os sucessos de nossos tempos distorcem a história, te relegam a um posto de guru, não de Salvador? Se é vencedor quem é esperto e falso e não quem luta pela vida de todos?”

E Jesus responderá com certeza:

“Vinde a mim”.
Para refletir com Albert Einstein

“Os ideais que iluminaram meu caminho e que, no momento certo, me deram coragem para enfrentar a vida são: a bondade, a beleza e a verdade... Os objetos comuns de desejo dos homens - a posse, o sucesso exterior, o luxo - sempre me pareceram desprezíveis'.

'Não procurar ser alguém célebre, mas sim, uma pessoa de valor'.

Reflita


"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a maior das deficiências é ser miserável, pois "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

"A amizade é um amor que nunca morre."

Mário Quintana