Páginas

23 de jun de 2007

PERDÃO
UM ATO DE AMOR



Sabemos através das escrituras que DEUS sempre está pronto a perdoar nossos pecados e por outro lado nos convida a perdoar ao próximo e a nós mesmos.
A nossa fragilidade humana nos leva a praticar algo de errado. Nosso erro afeta a DEUS, aos outros, a comunidade, a nós mesmos e também a natureza.
Ao tomarmos consciência do erro, nos sentimos tristes, ficamos magoados e, as vezes, choramos, por sermos incapazes de amar, a exemplo de Jesus.
Também nós, às vezes, ficamos lesados com aquilo que os outros nos fazem: há desrespeito, críticas, fofocas, descompromisso, pouca valorização, agressões... é claro que tudo isto nos fere, mas precisamos perdoar aqueles que agiram em nosso desacordo.
Somos inundados de alegria e ficamos curados e libertos quando somos capazes de perdoar pelo amor que DEUS infunde em nosso coração.