Páginas

29 de ago de 2007

O sorriso

O sorriso



Um sorriso tem a força de muitos remédios,
quando o recebemos no leito de um hospital,
quando estamos solitários na doença.
Um sorriso tem o poder de reabilitar as forças,
quando estanos desistindo de alguma coisa,
quando a nossa vontade é vencida pelo desânimo.
Um sorriso tem o dom de acalmar;
a criança que chora, mesmo com fome,
o velho que se lamenta, mesmo diante da dor,
o homem angustiado, mesmo diante da humilhação,
a mulher desenganada, mesmo diante da cirurgia,
ao animal ferido, mesmo abandonado,
ao cristão abatido, mesmo sem fé,
ao servo humilde, mesmo diante das injustiças.
O sorriso é a porta aberta da felicidade interior,
é dádiva que ilumina não apenas o rosto, mas toda a alma,
é um bem sem preço, que estimula o que recebe,
alimenta quem o dá, e toca sinos lá longe, lá no alto,
direto e sem mistérios, o sorriso é como luz,
é mensageiro divino de uma força maior,
de um amigo que tudo vê, o amigo Jesus .
Sorria!
Paulo Roberto Gaefke