Páginas

27 de ago de 2007

A única maneira de ter amigos é ser amigo. (Emerson)

Não existe liberdade absoluta. (A. Neill)

A educação não cria o gênio, mas oferece-lhe, por vezes, oportunidade para se revelar. (Leoni Kaseff)

A verdade é doce e amarga. Quando é doce, perdoa; quando é amarga, cura.
(Sto Agostinho)

O grande homem é aquele que não perdeu o seu coração de criança. (Mencius)

Os homens mais notáveis foram educados sobre joelhos de suas mães. (Bousset)

Eu desconfio que a única pessoa livre, realmente livre, é a que não tem medo do ridículo.
(Luís Fernando Veríssimo)

A humildade é o fundamento de todas as virtudes.
(Sto Agostinho)

O amor não se define, sente-se. (Sêneca)

As inveções são sobre tudo os resultados de um trabalho contínuo. (Santos Dumont)

Os golpes da adversidade são terrivelmente amargos, mas nunca estéreis. (Ernest Renan)

Um espírito leviano esquece, um coração generoso perdoa. (Voltaire)

O que mais vale na vida é dar um pouco de felicidade à vida dos outros. (Baden Powell)

O anel de ouro, o vestido de festa, o banquete, são para as almas que regressam. (Juliem Green)

O trabalho afasta de nós três grandes males: o tédio, o vício e a necessidade. (Voltaire)

Nenhum comentário: